A oficina busca transmitir linguagens CORPORAIS e MUSICAIS presentes na DANÇA, CANTO e TOQUES de ATABAQUES dos ORIXÁS, INKISSES, VODUNS e ENCANTADOS, visando divulgar as HERANÇAS ANCESTRAIS da DANÇA NEGRA e suas características de EXPRESSÕES e MOVIMENTOS da ESCRITA do CORPO AFRODIASPÓRICO no BRASIL.

Facilitador: Camilo Gan

2° Módulo
● Corpo Oralidade do Candomblé de Ketu;

Público:
Estudantes, educadores, performers e artistas de todas as áreas a partir de 18 anos.

Total de vagas: 10
Datas: 26/10 (terça), 03/11 (quarta), 09/11 (terça) e 16/10
Horário: 19:30 às 21:30
Local: Teatro Espanca (Rua Aarão Reis, 542, centro – Belo Horizonte/MG)

● É necessário roupas leves e confortáveis.
● Obrigatório uso de máscara.
● Garrafa de água individual

CAMILO GAN é multi-artista, educador, agitador da cultura negra, licenciado em música pelo Instituto Metodista Izabela Hendrix e ritual designer. Iniciou a sua carreira profissional em 1998 e destaca com orgulho que sua formação está conectada principalmente aos saberes da cultura negra. Brasileiro, natural de Belo Horizonte, com 23 de carreira, cria e realiza trabalhos que representam seu comportamento artisticamente atuante em ações socioeducativas, fundamentalmente AFROBETIZADORAS e PRETAGÓGICAS, na produção e realização de atividades envolvendo os seus principais projetos:
SAMBA DE TERREIRO (Propagador das Origens do Samba);
BLOCO AFRO MAGIA NEGRA (Exaltador da Cultura Negra e seu Povo, Buscando Combater e Desfazer, Feitiços Racistas);
CORPO ORALIDADE (Laboratório de estudo e transmissão das Heranças Ancestrais da Dança Negra, e suas características de expressões e Movimentos da Escrita do Corpo Afrodiaspórico do Candomblé do Brasil);
INSTITUTO AFRORMIGUEIRO (Organizador e Fomentador de Projetos Socioculturais, Grupos de Artistas, Empreendedores Negros e Ações de Atitude Comunitária);
BABADAN BANDA DE RUA (Guerrilha Sonora de Sopros e Tambores);
PER-CONCERTOS (Concertos para Monumentos e Biomas Urbanos).

Resultado do chamamento da oficina Corpo Oralidade com Camilo Gan (@camilo.gan)
se liga!

Andrezza da Silva Xavier
Caroline Gomes De Oliveira
Flavio Henrique Gonçalves Silva
Grazielle Fernanda Rufo
Maluh Asheley Damásio Coelho Nascimento
Polyanne Acerbi de Oliveira
Ramon Wesley Paixão Ferreira
Rodney Nicomedes de Jesus
Stefanny Jéssica Geraldo
Victor silva dos santos

Desta vez teremos suplentes que já foram contactadas por e-mail.
Stephanie Nazaré de Oliveira e Michelly Agatha Oliveira Siqueira de Souza

e o #artenocentro5 está rolando e em breve a gente traz mais oportunidades!

A oficina busca transmitir linguagens CORPORAIS e MUSICAIS presentes na DANÇA, CANTO e TOQUES de ATABAQUES dos ORIXÁS, INKISSES, VODUNS e ENCANTADOS, visando divulgar as HERANÇAS ANCESTRAIS da DANÇA NEGRA e suas características de EXPRESSÕES e MOVIMENTOS da ESCRITA do CORPO AFRODIASPÓRICO no BRASIL.

Facilitador: Camilo Gan

1° Módulo
● Corpo Oralidade do Candomblé de Angola;
● Samba dos Encantados ;

Público:
Estudantes, educadores, performers e artistas de todas as áreas a partir de 18 anos.

Total de vagas: 10
Datas: 28/09, 05/10, 12/10 e 19/10
Horário: 19:30 às 21:30
Local: Teatro Espanca (Rua Aarão Reis, 542, centro – Belo Horizonte/MG)
Inscrições AQUI.

● É necessário roupas leves e confortáveis.
● Obrigatório uso de máscara.
● Garrafa de água individual

CAMILO GAN é multi-artista, educador, agitador da cultura negra, licenciado em música pelo Instituto Metodista Izabela Hendrix e ritual designer. Iniciou a sua carreira profissional em 1998 e destaca com orgulho que sua formação está conectada principalmente aos saberes da cultura negra. Brasileiro, natural de Belo Horizonte, com 23 de carreira, cria e realiza trabalhos que representam seu comportamento artisticamente atuante em ações socioeducativas, fundamentalmente AFROBETIZADORAS e PRETAGÓGICAS, na produção e realização de atividades envolvendo os seus principais projetos:
SAMBA DE TERREIRO (Propagador das Origens do Samba);
BLOCO AFRO MAGIA NEGRA (Exaltador da Cultura Negra e seu Povo, Buscando Combater e Desfazer, Feitiços Racistas);
CORPO ORALIDADE (Laboratório de estudo e transmissão das Heranças Ancestrais da Dança Negra, e suas características de expressões e Movimentos da Escrita do Corpo Afrodiaspórico do Candomblé do Brasil);
INSTITUTO AFRORMIGUEIRO (Organizador e Fomentador de Projetos Socioculturais, Grupos de Artistas, Empreendedores Negros e Ações de Atitude Comunitária);
BABADAN BANDA DE RUA (Guerrilha Sonora de Sopros e Tambores);
PER-CONCERTOS (Concertos para Monumentos e Biomas Urbanos).

← antigos