Foram muitas inscrições, muita gente disposta em trocar.
Estas são as pessoas com as quais vamos compartilhar três dias de laboratório.
Foram mais de 15…

Alice Stefânia Curi
Ana Carolina De Sousa Castro
Arthur Heinrich Scherdien
Berilo Da Paz Carvalho E Silva Filho
Clara Maria De Sousa Matos
Daniel Araújo
Débora Silva De Azevedo
Diara Selch Freire
Emily Wanzeller Da Silva
Françuar Rodrigues De Oliveira Castro Júnior
Gustavo Dos Santos Haeser
Igor Passos Pires
Jordana Mascarenhas
José Reis Neto
Juliana Lima Liconti
Karina Mércia De Souza Silva França
Leili Sadri Pereira Da Rocha
Luara Learth Moreira
Maria Aparecida De Souza
Nadja Dulci De Carvalho
Raissa Gregori Fria Neves
Tauã Rodrigues Franco De Oliveira
Thais Ferreira Dos Santos
Tuanny Pereira De Araujo
Yasmin Boreli De Oliveira

Nossa segunda etapa do no programa Caixa Cultural será em Brasília!

Laboratório de dramaturgias cênicas: FICCIONALIZAR O REAL – Brasília
De 16 a 19 de março.
Horário: 09 às 13 horas
Local: Caixa Cultural Brasília | Teatro da Caixa – SBS quadra 04, lote 3/4, ed. Anexo da Matriz. CEP 70092-900, Brasília/DF
Resultado da seleção no dia 14 de março no site www.espanca.com
Vagas: 15
Público alvo: atores, performers e estudantes de teatro
Inscrições gratuitas até 12 de março: https://goo.gl/2qM2Zv

Inscrições até 18/10 neste formulário.

Perfil dos participantes: bailarinos, artistas e interessados na arte do movimento.
Mínimo 7 pessoas, máximo 20 pessoas.
Data 24, 25 e 26 de outubro de 2017
Horário: de 19h às 22h
Carga Horária: 9 horas

Valores:
Valor mínimo: R$ 100,00 reais
Valor Ideal: R$ 160,00 reais
Valor colaborativo: acima do valor ideal


Laboratório de criação em dança que parte das experiências corporais dos participantes
a fim de ampliar sua compreensão acerca do corpo, do movimento e da dança.
Tomando como base desejos e vivências coreográficas do público, propõe-se um
trabalho de recriação através da experimentação de novas possibilidades de
construção da sua dança.

Organizar-se, respirar, familiarizar-se com o seu corpo, perceber
qualidades, imagens, texturas e ritmos para aproximar-se de uma experiência que
permita a (re)descoberta de uma mobilidade singular e autônoma.

No último encontro tem-se como proposta compartilhar os experimentos com o público
convidado.


Karina Collaço é artista autônoma, dançarina intérprete-criadora, professora de dança contemporânea. Graduada em Matemática Licenciatura pelo Centro Universitário de Belo Horizonte UNI-BH (2012). Em 2016, em parceria com a bailarina Daniela Alves, cria o laboratório de criação em dança intitulado, ensaio para algo que não sabemos, desenvolvendo o primeiro protótipo estreado no Múltipla Dança 2017. Atua no projeto REAL espetáculo de teatro com o grupo Espanca. Ministra aulas de dança contemporânea na Escola Kirinus, em Florianópolis. Compreende a dança como ferramenta para produção de conhecimento e formação de pensamento.  Atuou no projeto Parquear com o Dança Multiplex no período de 2014 a 2016. Integrou o grupo Clube Ur=H0r (BH) de 2008 a 2014. De 2010 a 2014 integrou o grupo Meia Ponta Cia de Dança (BH). De 1996 a 2003 foi integrante da Cia de Dança Cena 11 (Fpolis). De 2003 a 2006 foi integrante do Grupo Kaiowas (Fpolis). Concluiu o Curso de Danças Clássicas mantido pela Álea Academia de Dança em 1994, registrado no Estado de santa Catarina – Secretaria de Estado da Educação e Desporto. Participou do FID Circulando BH no ano de 2009, 2010 e 2012 ministrando oficinas de dança contemporânea. Participou da direção coreográfica e preparação corporal do grupo “Terceira Dança” – (bolsa território Minas – FID 2010). Em 2012 trabalhou no espetáculo “Quem sou eu” (dirigido por Jacqueline Gimenes) como assistente de coreografia e preparadora corporal do grupo Querubins.
Ministrou aulas de dança contemporânea no Espaço Cultural Ambiente (BH), no Programa Ação de Formação Artística e Cultural da Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte, no Balé Jovem pela Fundação Clóvis Salgado (BH), na Cia Palácio das Artes (BH), Grupo Espanca, entre outros projetos.
No período de 1993 a 2008 ministrou aulas de balé clássico em academias de dança, escolas e grupos em Florianópolis.

Foto: Lena Maia

← antigos novos →