Kaolack Art’s Company – Alors on danse @ Prague

ei tchurma, achei tão inspirador esse vídeo para o REAL, pensando nos GARIS

tem a força da presença de um corpo negro em cena, a leveza do figurino (tutu). A dança que é um misto de ballet, contemporâneo, dança-afro e a música que segue a mesma linha…cria uma tensão muito interessante (uma impressão que no final ela vai subir e virar um rap…e mesmo que não aconteça, essa […]

#coreopolícia_Mamá escreveu:

texto da professora Mônica Correia Baptista, sobre a violenta repressão policial em ato contra tarifa de ônibus em BH. A polícia determinando o movimento dos corpos, forçando a coreografia do poder.

#coreopolícia_Mamá escreveu:

Dia 12 de agosto, meu filho, um adolescente de 17 anos, saiu de casa para participar de uma manifestação na Praça Sete. Contra o aumento ilegal do transporte coletivo. Saíram ele, meu sobrinho querido da mesma idade e muitos amigos deles, que vivem aqui na minha casa, fazendo macarrões pela madrugada, se arrumando para os […]

ocupar o tempo para orientar o ritmo do espaço

“é que agrupamentos deslocam e ocupam o espaço de circulação.E assim ocupam o tempo também.E quem ocupa o tempo marca, determina e orienta o ritmo de cada espaço.” ” e aqui voltamos à concretude não metafórica do que a dança pode fazer politicamente: destrambelhar o sensório, rearticular o corpo, suas velocidades e afetos, ocupar o espaço […]

Inquérito – o primeiro monstro

a visita de um dos dramaturgos

Inquérito – o primeiro monstro

dia de visita: Diogo Liberano chegou de surpresa e fez uma bela colaboração hoje. colocamos o “monstro” do Inquérito de pé e então experimentamos algumas partes do texto no espaço pela primeira vez. muitas descobertas por parte dos atores. muitas dificuldades. o texto é mesmo lindo e terrível.